Menos burocracia: 5 situações em que o certificado digital pode te ajudar

Menos burocracia: 5 situações em que o certificado digital pode te ajudar

A burocracia é um participante que o brasileiro quer colocar no paredão. Cerca de duas mil horas são dedicadas a processos burocráticos pelos empreendedores do país, segundo o Banco Mundial. A boa notícia é que, desde a chegada do certificado digital, muitas obrigatoriedades já podem ser cumpridas com a ferramenta. Também há outras atividades corriqueiras possíveis de desburocratizar com o certificado. 

Neste texto, apresentamos cinco tarefas bastante relevantes para empresas e a população, de forma geral. Se você ler até o final, verá que existem muito mais atividades nas quais o certificado digital pode ajudar sua vida a ter menos burocracia. 

Vamos lá? 

1. Assinatura de contratos 

No mundo dos negócios, podemos derrubar diversas barreiras burocráticas na assinatura de contratos. Ela é imprescindível para a formalização de vendas e contratação de serviços. Para ganhar ainda mais força, é aconselhável que seja autenticada. O que até então era feito somente em cartório, com pagamento de taxas, além de demandar deslocamentos, pode ser realizado com o uso do certificado digital, totalmente on-line. 

Dessa forma, você economiza tempo, dinheiro e evita deslocamento, tornando tudo mais rápido e seguro, uma vez que a assinatura dos documentos com certificado tem validade jurídica e você pode selar contratos a distância de forma confiável.

2. Declaração de Imposto de Renda

Se o assunto é burocracia, o Imposto de Renda aparece como um sinônimo de procedimento trabalhoso para muita gente. Essa obrigatoriedade torna-se menos burocrática quando você usa o certificado digital no portal Gov.br. Os trâmites acontecem de maneira mais ágil e rápida, além de você garantir mais segurança na plataforma. 

Com o certificado digital, quem declara ainda consegue: 

  • Acessar declarações de anos anteriores;
  • Ter alertas de possíveis erros, o que evita cair na malha fina;
  • Obter informações de maneira automática, pelo cruzamento de dados que a Receita Federal realiza.

3. Testamento particular

O tipo de testamento menos burocrático no Brasil é o particular. Ele pode ser feito a próprio punho e requer a assinatura de três testemunhas. É ainda mais desburocratizado com o certificado digital, pois as testemunhas necessárias para conferir validade ao documento podem assiná-lo de qualquer lugar do mundo. Ao usá-lo, o testador não precisa realizar nenhum deslocamento ou pagamento de taxas para mostrar como deseja que a partilha de bens seja depois de seu falecimento. 

4. Defis

A Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais (Defis) é uma espécie de Imposto de Renda para Pessoas Jurídicas (IPRJ) simplificada. A exemplo do testamento particular, a obrigação da maioria das micro e pequenas empresas brasileiras pode ser mais desburocratizada ainda com o certificado digital. 

O trâmite ocorre de maneira mais ágil e segura com o certificado. É necessário ter um e-CNPJ, já que é uma obrigatoriedade para empresas. 

5. Seguro Desemprego 

Dar entrada no seguro desemprego torna-se mais simples com o certificado digital. O procedimento é uma possibilidade tanto para pessoas jurídicas quanto físicas. São apenas seis passos no site do Ministério do Trabalho e Emprego.

Dessa forma, você não precisa se deslocar para realizar o requerimento, ainda pode orientar o colaborador desligado a fazer a parte dele on-line. Afinal, todo mundo merece facilidades no dia a dia. 

Outras possibilidades de desburocratização

Há uma infinidade de obrigações que permitem o uso de certificado digital. Mesmo quando são opcionais, indicamos que use para que, além de menos burocráticas, as suas atividades sejam realizadas com maior segurança.

Em um mundo cada vez mais digital, crescem as possibilidades de procedimentos on-line, e também os cuidados que devemos ter para usar o digital de forma mais segura. 

Mantenha o certificado digital válido

Um detalhe muito importante para quem tem certificado digital é manter a validade. Após o vencimento, é preciso renová-lo. Atente-se às notificações que, normalmente, chegam por e-mail e agende a revalidação. Nós te ajudamos, de forma bastante simples, para que você não fique sem esse grande facilitador, que é o certificado digital. 

Faça sua renovação de forma on-line ou em uma das mais de 4 mil unidades da nossa rede espalhadas pelo país. 

Estamos te esperando!